O que é preciso para ter uma boa noite de sono?

É urgente fazer reflexões e mudar comportamentos que levem a uma maior e melhor qualidade de vida das pessoas, das famílias e das organizações. Um sono descansado e saudável é importante em todas as idades, pois é a base para que se sinta motivado, produtivo e com energia para atingir os seus sonhos e projetos.


Benefícios de ter um bom sono

Cada vez mais, as pessoas percebem o quão importante é ter um bom sono, um sono reparador e saudável. Ter um bom sono permite maior realização pessoal, profissional e social pois as pessoas que dormem bem produzem mais e melhor, têm desempenhos de excelência, executam tarefas em menos tempo, são mais focadas e tomam decisões mais rápido e de forma assertiva. Pessoas que dormem bem sentem-se mais motivadas, menos cansadas e têm tendência para serem mais criativas.

Existem estudos que defendem que se deve trabalhar oito horas, dormir oito horas e deixar oito horas para o lazer. Um ciclo pouco usado nos dias de hoje. Faz sentido? Dependendo da idade e da necessidade de cada pessoa, devemos dormir na fase adulta entre 7 a 8 horas por dia, exceptuo situações pontuais.

Com as exigências pessoais, profissionais e sociais torna-se cada vez mais difícil ter tempo suficiente para todas as tarefas ou para cumprir todos os compromissos, como por exemplo, ser bom pai ou boa mãe; dar respostas de excelência cumprindo os objetivos profissionais; ter tempo para cuidar dos seus animais ou objetos, tais como a casa, o carro, o jardim; ter tempo para os amigos, para as redes sociais e ainda ter tempo para si mesmo. Damos, por isso, cada vez menos valor à gestão da emoção. Porém, é esta gestão emocional, que nos torna tão únicos, é o QE, ou seja, a Inteligência Emocional que cada vez é mais exigida e menos encontrada.

Dificuldades e doenças associadas a sonos com pouca qualidade

Existem inúmeras doenças associadas à falta de boas horas de sono, como por exemplo, Alzheimer, diabetes, insónia, depressão, riscos cardiovasculares, enfartes, AVC, dores musculares e acidentes de todo o tipo, sejam estes domésticos, de viação, de trabalho. A ausência dum sono reparador também contribui para estados emocionais desgastados, deixando as pessoas cansadas no seu dia-a-dia.

A ansiedade, o sentimento de culpa e injustiça, as inseguranças, as frustrações, a diminuição do desejo sexual, assim como os medos podem tornarem-se fortes e persistentes e desta forma, os constrangimentos para a vida pessoal, profissional e social são notórios.

Estratégias para usufruir de um bom sono:

  • Ler antes de dormir;
  • Fazer uma boa higiene do sono;
  • Ter comportamentos saudáveis e responsáveis;
  • Procurar ajuda especializada;
  • Meditar;
  • Auto-hipnose.

A nível económico cada vez se entende que a qualidade do sono é indispensável. Por este motivo, as melhores empresas têm ambientes saudáveis para os seus funcionários, medicina no trabalho e horários compatíveis com as necessidades dos seus colaboradores que, por sinal, são selecionados de forma diferencial, pois as boas empresas sabem que o funcionário certo, no local certo é um chavão.

O que desejamos é que a confiança, a atenção plena, a motivação e a capacidade de resiliência estejam predominantes para fortalecer a alegria, a surpresa, a capacidade de amar a si e aos outros, os sucessos, a satisfação e a bondade.

Dormir bem é necessário e indispensável para uma vida saudável e prazerosa.

Estamos juntos por si!

Sobre o autor

Dra. Mariana Pereira

Dra. Mariana Pereira

Formada em Terapia Diamante® pela Dra. Rosa Basto
Licenciatura em Psicologia, pelo ISLA
Formada em diversas áreas da Psicologia (ansiedade, depressão, luto, infertilidade, inteligência emocional, métodos de estudo, avaliação neuropsicológica entre outros)
Mediadora Familiar, Reconhecida pela Direção-Geral da Política de Justiça (DGPJ)
Professora de Yoga Baby, pela Escola Sunshine Yoga
Instrutora de Meditação e Relaxamento para Crianças, pelo FEEL
Formadora na área comportamental no ensino público e privado
Pós-Graduada em Gestão de Recursos Humanos, pelo ISLA


Comentários