Vivemos a vida presos ao passado e na ânsia do futuro

Todos nós em algum momento da nossa vida já sentimos uma sensação de profundo vazio, de não se estar completo, da ausência de algo para sermos felizes. Esta sensação vem por vezes, acompanhada por pensamentos de não se ser bom o suficiente, de não se ter bens materiais suficientes e de faltar sempre alguma coisa, alguém[…]

Ler mais…

Regresso às aulas: os pais que são professores nas horas vagas

A ida dos nossos filhos para a escola pressupõe alterações nas rotinas diárias de uma família quando comparadas com os meses de férias. As mesmas quando não são organizadas convenientemente implicam sempre algum desgaste físico-emocional, caminhando todas as atividades implícitas a uma família para a não resolução correta de todas as situações e, com estes acontecimentos[…]

Ler mais…

«Estou farto!» – Não deveria ser a fartura uma coisa boa?

"Estou farto!" - Esta expressão é muito usada pelas pessoas que entram nos nossos consultórios, e após verbalizarem estas palavras, "estou farto!", logo de seguida respiram fundo como se tivessem medo de estarem fartos! O facto é que estar farto tem causado uma ansiedade constante em todo o tipo de pessoas pelo mundo inteiro. Não deveria[…]

Ler mais…

É possível aprender a amar?

Todos nós nascemos com o objetivo de partilhar tudo o que temos em prol dos que nos rodeiam. Esta é a essência do ser humano não havendo alterações de pessoa para pessoa, existindo sim construções vivenciais que fazem alterar a razão de amar o próximo. A procura do amor coexiste com a funcionalidade do ser humano[…]

Ler mais…

O que nos torna diferentes das outras pessoas?

O que nos torna diferentes das outras pessoas, se todos, de forma geral, temos a mesma estrutura cerebral? É a nossa consciência ou o cérebro onde ela eventualmente habita? Quando se fala em cérebro, surgem de imediato diversos (pré)conceitos. Associa-se a todas aquelas nomenclaturas técnicas e enfadonhas de difícil pronunciação. Mas, certamente, já ouviu dizer: «O[…]

Ler mais…

Água e Música: Permita-se reduzir a sua ansiedade até 65%

Neste dia Dia Nacional da Água e Dia Mundial da Música permita-se reduzir a sua ansiedade ao som de Enya - Watermark, listada como uma das músicas mais relaxantes segundo o estudo realizado pelo Dr. David Lewis-Hodgson, que liderou a pesquisa, “Weightless”. Exercício: Ao som da música de Enya - Watermark permita-se "viajar" pelos 5 gifs escolhidos. Realize[…]

Ler mais…

Uma geração que passa 90% da sua vida entre quatro paredes

Passamos 90% do nosso tempo dentro de portas e os nossos lares estão tão bem isolados que não deixam entrar ar fresco e luz natural em quantidade suficiente. Atualmente, 84 milhões de europeus vivem em edifícios com tanta humidade e bolor que representam uma ameaça física ao bem-estar físico e mental. A fraca qualidade do ar[…]

Ler mais…