«Estou farto!» – Não deveria ser a fartura uma coisa boa?

"Estou farto!" - Esta expressão é muito usada pelas pessoas que entram nos nossos consultórios, e após verbalizarem estas palavras, "estou farto!", logo de seguida respiram fundo como se tivessem medo de estarem fartos! O facto é que estar farto tem causado uma ansiedade constante em todo o tipo de pessoas pelo mundo inteiro. Não deveria[…]

Ler mais…

[Infográfico] Invista em relações mais saudáveis

Talvez não exista uma forma ideal ou até uma receita de relacionamentos amorosos perfeitos ou saudáveis, a verdade é que existem pilares fundamentais que são comuns aos casais que se dão muito bem e são felizes com a sua relação. Estas pessoas nada têm mais que as outras, apenas têm a capacidade de saberem viver em comunhão[…]

Ler mais…

É possível aprender a amar?

Todos nós nascemos com o objetivo de partilhar tudo o que temos em prol dos que nos rodeiam. Esta é a essência do ser humano não havendo alterações de pessoa para pessoa, existindo sim construções vivenciais que fazem alterar a razão de amar o próximo. A procura do amor coexiste com a funcionalidade do ser humano[…]

Ler mais…

[Infográfico] Liberte-se de pensamentos obsessivos

Quando temos pensamentos obsessivos, a nossa energia concentra-se neles e quanto mais pensamos, mais presentes eles estão. Por isso, é importante aprender a libertar estes pensamentos para poder cuidar da sua saúde. Pensamentos persistentes e negativos são comuns no distúrbio de ansiedade. A ansiedade, em muitas pessoas, tem a ver com uma característica de perfeccionismo e em querer ter[…]

Ler mais…

«Agora sinto-me normal, autónoma e segura!» – Enurese noturna

A enurese noturna não orgânica, na criança ou jovem, trata-se de uma disfunção caracterizada por perda anómala e involuntária de urina durante o sono e o seu diagnóstico só deve ser estabelecido após ter sido realizado o despiste para outro tipo de patologia orgânica. Apenas se define como tal se a mesma incluir perdas repetidas de[…]

Ler mais…

Vida estagnada? Seja o autor da sua própria história

Este mês falo-vos dos quatro arquétipos “principais” que, segundo Carl Jung, modelam a personalidade e como são tão importantes para chegarmos ao nosso caminho da verdade, ou seja, para que o leitor possa “trabalhar” os arquétipos de referência e ser o autor da sua própria história. Mas afinal o que são arquétipos? Entende-se por arquétipos, as[…]

Ler mais…

«O meu maior medo era ficar dependente» – Claustrofobia

Lígia Moreira é enfermeira e desde muito nova que sofria de claustrofobia, não conseguia estar em espaços fechados: elevadores, casas de banho sem janelas. Conta que foi em pequena que descobriu que sofria deste medo, num contexto de brincadeira onde se escondeu por detrás de um armário e ficou petrificada. A claustrofobia é um medo aterrador[…]

Ler mais…

“Burnout” já é uma doença reconhecida pela OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou esta segunda-feira que passou a incluir na lista de doenças o “burnout”, estado de esgotamento físico e mental causado pelo exercício de uma atividade profissional. A entrada do “burnout” (ou stress profissional) na nova classificação internacional de doenças da OMS, que vigorará a partir de 01 de janeiro de[…]

Ler mais…