Autocompaixão: como olhar para as nossas sombras com amor

A compaixão refere-se ao desejo de aliviar o sofrimento dos outros, agindo com bondade e necessidade de exercer cuidados que proporcionem alívio. Envolve ação, empatia e a adoção de cuidados numa atitude de não julgamento. A autocompaixão é tudo isso, mas dirigido a si mesmo/a remetendo, assim, para uma atitude focada no autocuidado. Kristin Neff, psicóloga[…]

Ler mais…

Um antídoto natural para uma vida mais feliz

A palavra gratidão deriva do latim gratiam que significa graça e graciosidade, cujo significado encontra-se ligado a: fazer algo com bondade, generosidade, dádiva, e também ao ato de dar e receber ou conquistar algo. O conceito de gratidão foi sendo cultivado ao longo do tempo, em várias culturas e tradições no mundo, especialmente na religião e[…]

Ler mais…

Que pai ou mãe escolhe ser? Uma breve reflexão

A entrada no mundo da parentalidade faz surgir muitas dúvidas sobre qual é a melhor forma de educar os filhos. Entre azáfama do quotidiano e o piloto automático habitual sobram escassas horas do dia para passar tempo de qualidade com os filhos e educá-los torna-se uma tarefa ainda mais desafiadora. Quantas vezes dá por si a[…]

Ler mais…

Stress: até quando vamos ignorar os alertas?

A ansiedade e o stress não têm impacto só na nossa mente; o corpo vai se ressentindo de situações menos positivas e nas quais não soubemos lidar com as nossas emoções. Existem vários cenários possíveis, propícios ao aparecimento de algumas doenças físicas, como a dificuldade em expressar emoções, lutos por resolver, dificuldade em lidar com situações[…]

Ler mais…

Medo e a nossa capacidade de imaginar cenários apocalíticos

Atualmente ouvimos falar muito em ansiedade e em medo, e ainda bem que assim acontece, uma vez que é essencial partilharmos o que nos inquieta para que possamos atingir um equilíbrio emocional e a tão desejada paz. Porém, é igualmente fundamental que entendamos as diferenças entre os dois conceitos. A ansiedade está intrinsecamente ligada ao medo,[…]

Ler mais…

Ansiedade e a necessidade de controlar tudo à sua volta

A ansiedade está ligada a muitas palavras, assim como consequentemente a muitos estados, e a preocupação é sem dúvida uma delas. O que significa preocupação? Se formos consultar o dicionário, preocupação representa inquietação do espírito; angústia; apreensão; pensamento dominante; ideia fixa; cisma, e são exatamente estes os efeitos na vida de quem é ansioso e se[…]

Ler mais…

Luto na pandemia: como reconstruir a nossa vida face à perda?

Lidar com a perda de alguém significativo é das experiências mais difíceis e dolorosas que podemos vivenciar. Experienciar o luto, em paralelo com as implicações de uma pandemia mundial, que surgiu no nosso mundo de forma súbita e inesperada, adquire contornos singulares e relevantes, podendo refletir-se negativamente no processo de adaptação à perda. Antes de abordarmos[…]

Ler mais…

Porque é que umas pessoas se sentem mais protegidas que outras?

A ansiedade acompanha-nos desde a infância? Porque é que sofremos de ansiedade, mesmo quando temos tudo o que, aparentemente, necessitamos, tal como um emprego estável, uma casa, um bom carro? Na maioria das situações, existe um fator comum, que se traduz numa falta de segurança e estabilidade na infância, e esta instabilidade e insegurança, nada têm[…]

Ler mais…

Fadiga pandémica: como promover a saúde mental das crianças e dos jovens?

Em pleno confinamento e após um ano de restrições e cuidados redobrados, é normal a população sentir-se cansada e acusar a chamada “fadiga pandémica” que, de acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), trata-se de uma “reacção natural” à adversidade e incerteza relacionada com o desgaste emocional em torno do vírus SARS-CoV-2, manifestando-se através de sentimentos[…]

Ler mais…