Um antídoto natural para uma vida mais feliz

A palavra gratidão deriva do latim gratiam que significa graça e graciosidade, cujo significado encontra-se ligado a: fazer algo com bondade, generosidade, dádiva, e também ao ato de dar e receber ou conquistar algo.


O conceito de gratidão foi sendo cultivado ao longo do tempo, em várias culturas e tradições no mundo, especialmente na religião e espiritualidade, como um estado experienciado através da relação com um deus/deuses/universo ou outra entidade considerada divina (agradecer pelas dádivas a uma entidade considerada superior). Também na Grécia e Roma antigas, a gratidão foi alvo de grande reflexão/discussão filosófica, tendo sido considerada como a maior de todas as virtudes humanas e a “mãe” de todas as outras virtudes (Marcus Tullius Cicero, filósofo).

Atualmente, é definida por alguns autores como estado emocional que envolve sensações de admiração e apreço pela vida. Pode ser dirigida a outras pessoas, à natureza, a uma entidade religiosa ou espiritual (ex: Deus) ou até a animais. É um estado no qual estão envolvidos sentimentos de apreciação relativamente à bondade dos outros ou a si mesmo.

Os estudos indicam que a prática regular de gratidão traz vários benefícios para a saúde física e bem-estar psicológico e social. Em termos fisiológicos encontra-se relacionada com a melhoria da qualidade do sono e do sistema imunitário e com a diminuição da pressão arterial; enquanto na dimensão psicológica e social aparece associada ao aumento de autoestima e otimismo, ao fortalecimento dos relacionamentos, à diminuição do stress e da sintomatologia ansiosa e depressiva. Em suma, a prática diária de gratidão promove a melhoria do bem-estar subjetivo, maior satisfação com a vida e o aumento de sentimentos de felicidade.

Ao mesmo tempo, ao praticar gratidão relativizam-se os aspetos menos positivos da vida, reorientando a atenção para o que está bem e funciona, ao invés de focar no que aconteceu de errado (passado) ou nos receios sobre o que ainda está para acontecer (futuro). Consecutivamente, a gratidão cria flexibilidade mental e emocional e impulsiona a tomada de ação para realizar mudanças fundamentais para a melhoria da qualidade de vida. Assim, a gratidão contribui para a mudança do estado emocional e dos pensamentos, tornando-os mais positivos e orientando-os para o presente, o que por sua vez estimula a adoção de um comportamento mais proativo, focado na ação e iniciativa.

Em suma, a prática diária de gratidão promove a melhoria do bem-estar subjetivo, maior satisfação com a vida e o aumento de sentimentos de felicidade.

Vários autores defendem ser possível promover e criar estados de gratidão através de práticas diárias simples. Eis algumas práticas promotoras de gratidão que pode realizar:

1) Carta de gratidão

Escreva uma carta de agradecimento dirigida a uma pessoa que considere ser importante na sua vida. Pense na pessoa, escreva tudo pelo qual está grato e quando terminar leia a carta para essa pessoa.

2) Pote da gratidão

Todos os dias escreva um motivo pelo qual se sente grato e coloque num recipiente. Ao longo dos dias vai aprender a identificar novos motivos pelos quais está grato. Em momentos mais desafiantes pode lê-los e relembrar que possui aspetos bons na sua vida, diminuindo assim o mal-estar causado pelos momentos mais desafiadores.

3) Diário de gratidão

Antes de dormir, anote num caderno as coisas boas que lhe aconteceram nesse dia, refletindo sobre o significado que essas coisas tiveram para si.

Permita-se reservar um pouco do seu tempo e identificar o que correu bem no seu dia, para que possa, pouco a pouco, construir uma vida repleta de momentos positivos e aumentar o seu bem-estar. Assim, irá escolher a felicidade ao invés da entropia causada pelos pensamentos negativos, que apenas contribuem para manter o sentimento de insatisfação, o foco no passado ou nas preocupações em relação ao futuro. Escolha criar o seu próprio bem-estar, começando hoje. Experimente e deixe-se surpreender.

“Cultive o hábito de ser grato por cada coisa boa que acontece e de agradecer continuamente. E porque todas as coisas contribuíram para o seu progresso, deve incluir todas as coisas na sua gratidão.”

(Ralph Waldo Emerson, filósofo)

Helena Gonçalves
Latest posts by Helena Gonçalves (see all)